FAKE NEWS: “PRESIDENTE DE MADAGASCAR RAJOELINA PEDE À TODOS OS PAÍSES AFRICANOS PARA SAÍREM DA OMS"


Falso, o Presidente malgaxe, Andry Rajoelina não pedi à todos os países africanos para saírem da OMS como circula nas redes sociais principalmente no facebook e instagram.

O Presidente malgaxe, Andry Rajoelina, rejeitou as críticas à eficácia e os perigos do produto que apresenta como cura para o novo coronavírus, denunciando uma atitude condescendente em relação à medicina africana.


O Chefe de Estado de Madagáscar Continua a defender a eficácia do Covid Organics no tratamento de doentes de Covid-19 bem como na prevenção da pandemia.

Reagindo às críticas, Andry Rajoelina questionou: "se fosse um país europeu que tivesse descoberto este remédio haveria tantas dúvidas? Acho que não", disse o Presidente malgaxe numa entrevista à "France 24" e à "Radio France International", lê-se a notícia também na imprensa portuguesa - "Lusa" e "Diário Notícias".


Mas em nenhum momento ele apelou aos países africanos para deixarem a OMS durante os últimos comunicações de imprensa e nem nessa página oficial do twitter.

De salientar que Madagáscar forneceu à sua população e à vários países africanos uma bebida à base de uma planta chamada artemísia.


Entretanto, o "Nobaschecker", com a missão de identificar Fake News (notícias falsas) relacionadas com a pandemia do novo Coronavírus não encontrou notícia que fala do suposto apelo de Andry Rajoelina que os países africanos abandonassem a Organização Mundial de Saúde (OMS).


Fonte: https://www.dn.pt/mundo/presidente-de-madagascar-rejeita-criticas-ao-cha-curativo-12179865.html


Siga abaixo o conteúdo da tal FAKE NEWS:

"PRESIDENTE MADAGASCAR ANDRY RAJOELINA PEDE À TODOS OS PAÍSES AFRICANOS PARA SAÍREM DA OMS DEVIDO À MÁ FÉ DOS EUROPEUS PARA OS AFRICANOS.

Andry Rajoelina:

Os europeus criaram organizações para que os africanos fossem eternamente dependentes da Europa, eu afirmo! África encontrou um medicamento contra coronavírus, mas os Europeus acham que têm o monopólio do Inteligência.

Eles tentam recusar o nosso medicamento, e sobre este, peço a todos os países africanos que deixem pacificamente todas as organizações mundiais dos europeus, para fazerem as nossas próprias organizações. O meu país Madagáscar deixa hoje à noite todas as organizações, peço a todos os africanos que façam o mesmo. NÔ CUIDA KUNO VIDA NA CASA NO LABA MON KU SABON PA SEMPRE."


Por: nobaschecker.org

0 visualização

Fact Checking Website

admin@nobaschecker.org

  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon
  • White Twitter Icon

Subscribe

© 2020 Pela InnovaLab, BIGTechnologies e parceiros