FAKE NEWS: "Alegados testes obrigatórios da vacina em africanos na china" é fake!



Circula falsa notícia nas redes sociais, sobretudo no Facebook de que os “africanos estão sendo esforçados apanharem estranha vacina na China (Coronavírus)”. Essa informação não passa de mais uma tentativa de desinformar a sociedade.

Na verdade, os testes da vacina contra Covid-19 estão na fase de experimentação em humanos mas sem qualquer obrigatoriedade, ou seja, só os voluntários é que são testados. O "nobaschecker.org" procurou sem sucesso encontrar órgão de informação internacional a que noticia a submissão dos africanos a testes obrigatórios da nova vacina contra o novo coronavírus.

O post de Facebook que estamos a desmentir tem a mensagem “Africanos estão sendo esforçados apanharem Estranha vacina na China ( Corona vírus )” e no próprio vídeo aparece “africanos a serem descriminados na China e obrigados a fazer teste de Coronavirus”.

Uma notícia relacionada dá conta que o diretor-geral da OMS (Organização Mundial da Saúde), Tedros Adhanom Ghebreyesu, afirmou nesta segunda (6) que a África não será um "campo de testes" para vacinas contra o novo coronavírus.

Na semana passada, o chefe da unidade de terapia intensiva do hospital Cochin em Paris, Jean-Paul Mira, pediu desculpas mais uma vez por ter sugerido que testes de vacina contra o coronavírus fossem feitos no continente africano.

A vacina CanSino que refere entrou na fase de testes, ou seja, voluntários oferecem para testar o estudo da vacina, mas não é do que se trata o vídeo, ouvindo os interlocutores que falam em francês e inglês, a questão é o facto de as pessoas terem testado negativo e mesmo assim não são autorizadas a sair da quarentena, ouve-se um desses testados a dizer que já fez oito dias e quer regressar ao seu país.

Importa acrescentar que, realmente tem havido denúncia de africanos terem sido obrigados a fazer testes apesar de não terem viajado, para mais informações a respeito, consulte os links abaixo.

Notícias veiculadas na mídia social dos africanos a reclamarem sobre o comportamento das autoridades sanitárias China em cooperação com as forças policiais , os diplomatas africanos naquela república comunista ainda não reagiram ao alegado procedimento das autoridades sanitárias e policiais da China.

Existem 70 vacinas contra o coronavírus em desenvolvimento em todo o mundo, com três já na fase de testes em seres humanos, de acordo com a Organização Mundial da Saúde. Os testes clínicos mais avançados são da autoria da CanSino Biologics, sediada em Hong Kong, e do Instituto de Biotecnologia de Pequim. A segunda vacina está a ser testada pela norte-americana Moderna Inc. e uma terceira está também nas mãos de uma farmacêutica norte-americana, a Inovio Pharmaceuticals Inc.

De acordo com um estudo publicado em 2018 pela rede de empresas farmacêuticas (LEEM) e com base em dados oficiais do governo americano, em ensaios clínicos iniciados em 2017, o percentual de participação de regiões / continentes do mundo é inequívoco. América do Norte: 57%; Europa: 38%; Ásia: 27%; Oceania: 11%; América Latina: 8%; África e Oriente Médio: 7%. A África Subsaariana é a parte do mundo com menor demanda de ensaios clínicos. A CanSino informou no mês passado que recebeu a aprovação do regulador chinês para iniciar testes em humanos com a sua vacina. A Moderna, com sede em Cambridge, Massachusetts - que nunca lançou um produto e que demorou pouco mais de dois meses a desenvolver uma potencial vacina - recebeu aprovação para os testes em humanos mesmo sem ter realizado primeiro o teste em animais; a Inovio está desde a semana passada a testar em seres humanos que se voluntariaram para estes testes clínicos.

Segundo a “Bloomberg”, o estudo da CanSino recorre a uma injeção experimental em 108 adultos, com idades entre os 18 e os 60 anos, portanto tanto em grupos saudáveis quanto nas primeiras idades de risco, a chamada “fase 2”. Na “fase 1” estabelece-se apenas a segurança da vacina num pequeno grupo de indivíduos saudáveis, para que os investigadores possam observar os potenciais efeitos secundários indesejáveis da vacina e também testar a capacidade do sistema imunitário de gerar defesas. As fases 2 e 3 testam a eficácia em grupos maiores, tal como já se está a passar no estudo da CanSino. Incluem pessoas em grupos de risco e administram-se em locais onde a doença está presente na comunidade.

A China começou os testes clínicos de uma vacina contra o novo coronavírus com 108 voluntários, enquanto vários países estão em uma corrida contra o tempo para encontrar uma maneira de combater o patógeno, informou a imprensa local. Os 108 voluntários para os testes, divididos em três grupos, receberam as primeiras injeções na sexta-feira, indicou o jornal em língua inglesa Global Times.

Para mais detalhes, os links a baixo são as nossas fontes de confirmação para este artigo:

Situação relativamente à vacina CanSino - https://www.fiercepharma.com/vaccines/china-s-cansino-bio-advances-covid-19-vaccine-into-phase-2-preliminary-safety-data;

France24 - 'If you're black you can't go out': Africans in China face racism in Covid-19 crackdown; https://www.france24.com/en/20200411-if-you-re-black-you-can-t-go-out-africans-in-china-face-racism-in-covid-19-crackdown;

https://www.lemonde.fr/afrique/article/2020/04/08/non-l-afrique-n-est-pas-ni-de-pres-ni-de-loin-la-cible-privilegiee-des-essais-cliniques_6035948_3212.html

https://www.cartacapital.com.br;

https://www.folha.uol.com.br

Texto Completo: Africanos Estão sendo esforçados apanharem Estranha vacina na China ( Corona vírus ) BREVE NOTÍCIAS DE AFRICANOS NA CHINA , VACINAS ESTRANHAS SÃO APLICADA NOS AFRICANOS E DEPOIS DEPORTADOS PARA ÁFRICA Estão sendo esforçados apanharem , Estranha vacina contra o vírus Corona na China e depois serem deportado em seus , respectivos países na África , Notícias vinculadas na mídia social dos Africanos a reclamarem sobre o comportamento das autoridades sanitárias China em cooperação com as forças policiais , os Diplomatas Africanos naquela República Comunista ainda não , reagiram ao procedimento das autoridades sanitárias da China e Policiais . Por Moussa Garcia Jornalista de Investigação Grupo mídia Maka Mavulo 10/04/2020

_____ Por: Dra Mariana Neves & nobaschecker.org team

77 visualizações

Fact Checking Website

admin@nobaschecker.org

  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon
  • White Twitter Icon

Subscribe

© 2020 Pela InnovaLab, BIGTechnologies e parceiros