COVID-19: Presidente guineense prolonga Estado da Emergência e levanta recolher obrigatório

O Presidente da República, Umaro Sissoco Embaló, decretou hoje, 25 de junho o prolongamento do estado de emergência no país para mais 30 dias com início a partir de 00horas do dia 26 e elevantou o recolher obrigatório, no âmbito do combate à pandemia provocada pelo novo coronavírus.


"O estado de emergência vai continuar, mas há restrições que vão ser retiradas como por exemplo, o recolher obrigatório", afirmou o chefe de Estado.


Umaro Sissoco Embaló falava aos jornalistas depois de participar na reunião do Conselho de Ministros, a convite do primeiro-ministro, Nuno Gomes Nabian.

Desde que foram detetados os primeiros casos de infeção por covid-19 na Guiné-Bissau, a 25 de março último, o Presidente guineense já prorrogou o estado de emergência por cinco vezes, a última das quais termina hoje.


Segundo os dados, a Guiné-Bissau registou 1.556 casos de infeção confirmados, tendo essas contaminações causado 19 vítimas mortais.


segundo um balanço feito até 25 de junho pela agência francesa de notícias, AFP, a pandemia de covid-19 já provocou quase 482 mil mortos e infetou mais de 9,45 milhões de pessoas em 196 países e territórios no mundo.

Por: nobaschecker.org

0 visualização

Fact Checking Website

admin@nobaschecker.org

  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon
  • White Twitter Icon

Subscribe

© 2020 Pela InnovaLab, BIGTechnologies e parceiros